Porto Velho,
Rss Canal YouTube Facebook Twitter

Antônio de Almeida

Antônio de Almeida Sobrinho é cearense, nascido na cidade de Jaguaruana, às margens do rio Jaguaribe. Estudou o curso primário em sua cidade natal e o secundário em Fortaleza, capital do estado do Ceará. Como Professor de Matemática nos principais “Cursinhos” de Pré-Vestibular de Fortaleza, de 1970 a 1977, conciliou tempo e determinação, e, em 1977, graduou-se em Engenharia de Pesca pela Universidade Federal do Ceará -UFC, e, no ano seguinte, se transferiu para a Região Amazônica, fixando residência em Porto Velho, capital do então Território Federal de Rondônia, hoje, estado de Rondônia. Atuou como extensionista na ASTER-RO, hoje EMATER, de agosto de 1978 a julho de 1996 e, ao mesmo tempo, assumiu cargos relevantes como o de Coordenador Regional da SUDEPE do Estado de Rondônia, consultor do CNPq — Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, de janeiro de 1998 a dezembro de 1999, e consultor do PNUD – Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, através do IBAMA/CNPT, de janeiro de 2000 a dezembro de 2001 - Email para contato: [email protected]; [email protected]

A RENÚNCIA DE MICHEL TEMER: A HORA H DO ADEUS . . .

19/05/2017 - [12:44] - Opinião

 

 

Este adágio popular pode agora ser usado por
todos que chamavam o presidente Michel Temer de Golpista.

Para os partidários e ferrenhos defensores dos petralhas e apaixonados seguidores do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e da ex-presidente Dilma Rousseff não poderia acontecer uma notícia melhor, neste 19 de maio, do que a ‘renúncia do presidente Michel  Temer’, mesmo sabendo que com este ato o Brasil tenderia a ter o agravamento de sua crise  e, consequente, todos os brasileiros seriam ainda mais afetados, uns mais e outros menos; as reformas  seriam todas paralisadas e o país sofreria abruptamente  com os solavancos de uma nova crise, dentro de uma recessão sem precedentes da história política, em toda sua história, quando para os geradores deste episódio político o que prevalece é ‘a lei do quanto pior, melhor’.

Na atual conjuntura política para salvaguardar o Brasil de um agravamento da crise — que possa piorar e até decompor a economia do país, o presidente Michel Temer tem o dever cívico e patriótico em anunciar a a CARTA DE RENÚNCIA do cargo que ocupa, de uma maneira honrosa e menos traumática para todos: Brasil, povo brasileiro e poderes constituídos.

Todos que estão hoje na rua, bradando em alto e bom som e exigindo a renúncia do presidente Michel Temer não deve esquecer que o TEMER foi gerado pela administração do Partido dosTrabalhadores (PT) para eleger a candidata Dilma Rosseff, nas eleições presidenciais de 2010  e 2014, e que a JBS é uma ‘bolha emblemática’, gerada com bilhões de reais do povo brasileiro, com recursos financeiros do BNDES, concedidos de forma arranjada e duvidosa, que é o estopim, fumaça, labareda e explosão de toda esta crise que vitimou a provável renúncia do presidente da República e que, também, é uma obra genuinamente gerada no cérebro dos principais dirigentes petistas.

Para conquistar o poder e para reconquistar os preciosos ovos de ouro, perdidos com o impeachment da então presidente Dilma Rousseff, e, agora, para tentar reconquistá-los, os seguidores de Lula não terão escrúpulos e qualquer caminho será válido para atingir seus objetivos e realizar suas metas.

Para tanto, quem acompanha o ‘modus operandi’ dos militantes do PT não têm dúvidas em afirmar que este senário montado pela JBS tem ‘aquele ‘dedinho que sumiu do líder petista’ e que possibilitou e viabilizou a homologação da Delação Premiada dos diretores da JBS e fez um straik no governo do presidente Michel Temer e implodiu as pretensões do Senador tucano Aécio Neves, que caíram de formas vergonhosas e imperdoáveis, se assemelhando a dois patinhos na lagoa.

Com a renúncia de Michel Temer, deverá assumir a presidência da República o presidente da Câmara dos Deputados, Deputado Federal Rodrigo Maia, que no período de 30 dias terá o papel em convocar e realizar eleições indiretas, contando com os votos dos 513 Deputados Federais e de 81 Senadores da República.


Comentários

Preencha o formulário abaixo e clique em "Comentar" para enviar seu comentário


ComentÁrios Facebook


Mais Notícias

publicidade

E-mail: [email protected] - [email protected]

Diretor Comercial Luiz Carlos Ferreira - Jornalista Responsavél Luka Ribeiro

Telefone: (69) 3221 4532 e (69) 3221 4532

Endereço: Av Getulio Vargas 2086 - Sala Comercial 5 , Bairro: Nossa Senhora das Graças - CEP: 76804-114

Cidade/Estado: Porto Velho/RO

É autorizada a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação,
eletrônico ou impresso, informando a fonte em nome de Gente de Opinião

Gente de Opinião | Copyright © 2017 | Todos os direitos reservados