Porto Velho,
Rss Canal YouTube Facebook Twitter


Josias: entre Cunha e Aécio, Supremo vira ex-Supremo

"Depois de morder Eduardo Cunha, o Supremo Tribunal Federal soprou Aécio Neves", resume o jornalista, que avalia que "alguns ministros ficaram irreconhecíveis" na comparação entre os dois julgamentos; há um ano e meio, a mesma Corte, em decisão unânime, "suspendera o mandato de Eduardo Cunha, empurrando-o para a cassação e para a cadeia", lembra ele

12/10/2017 - [05:14] - Política

247 – O jornalista Josias de Souza afirma que o Supremo Tribunal Federal virou "ex-Supremo" depois de decidir nesta quarta-feira 11 que o Congresso tem a palavra final ao decidir sobre medidas cautelares contra parlamentares.

"Depois de morder Eduardo Cunha, o Supremo Tribunal Federal soprou Aécio Neves. Há um ano e meio, em decisão unânime, a Suprema Corte suspendera o mandato de Eduardo Cunha, empurrando-o para a cassação e para a cadeia", lembra ele, em seu blog no UOL.

"Agora, o mesmo Supremo decidiu que cabe à Câmara e ao Senado a decisão final sobre punições cautelares a parlamentares", compara.

"Com isso, Aécio Neves terá de volta o mandato e a liberdade noturna. O aceno à impunidade exigiu um salto mortal jurídico. Alguns ministros ficaram quase irreconhecíveis", destaca Josias, trazendo cenas dos dois julgamentos.


Comentários

Preencha o formulário abaixo e clique em "Comentar" para enviar seu comentário


ComentÁrios Facebook


Mais Notícias

E-mail: redacao@gentedeopiniao.com.br - gentedeopiniao@gmail.com

Diretor Comercial Luiz Carlos Ferreira - Jornalista Responsavél Luka Ribeiro

Telefone: (69) 3221 4532 e (69) 3221 4532

Endereço: Av Getulio Vargas 2086 - Sala Comercial 5 , Bairro: Nossa Senhora das Graças - CEP: 76804-114

Cidade/Estado: Porto Velho/RO

É autorizada a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação,
eletrônico ou impresso, informando a fonte em nome de Gente de Opinião

Gente de Opinião | Copyright © 2017 | Todos os direitos reservados