Porto Velho,
Rss Canal YouTube Facebook Twitter

Luciana Oliveira

Sou filha e neta de seringueiros e pari também um casal com herança de beradeiros. Sou Bacharel em Direito e estou empresária, mas do jornalismo, minha vocação e primeira atividade profissional, não aposentarei nunca. Meu pai Antônio Cândido da Silva, é poeta, escritor e questionador da história regional. Minha mãe, Maria da Conceição, artista de fogão, boleira de mão cheia. Sou fruto da terra, amante da cultura popular de onde tiro muita história pra contar. Não escrevo por dinheiro ou aplauso, mas pra me sentir viva. Fui repórter da TV Rondonia, TV Allamanda e TV Meridional, apresentadora e redatora do SGC em Jí-Paraná, chefiei a redação do Diário da Amazônia e a Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Porto Velho em 2005

Que maldição compromete a gestão do tucano Hildon Chaves? Por Luciana Oliveira

06/12/2017 - [20:54] - Opinião

 

que

Fosse a prefeitura de Porto Velho uma das empresas do prefeito Hildon Chaves (PSDB-RO), diriam que alguém ‘enterrou uma cabeça de jumento’ no Palácio Tancredo Neves para sabotar sua gestão.

A expressão popular é usada quando um negócio não vai bem e ninguém sabe por que. Vem da lenda de que o acasalamento de égua com jumento resulta em animal problemático. É, portanto, um lugar amaldiçoado o que abriga uma cabeça de jumento enterrada.

Com mais de 65% dos votos e com aliados em duas mesas diretoras eleitas na câmara de vereadores, Hildon tinha tudo para não terminar o primeiro ano tão anêmico.

As reformas que encaminhou foram aprovadas nos primeiros dias de governo e muitos vereadores até confessaram nem ter lido.

Ao fim de um ano o prefeito tucano sequer conseguiu montar uma equipe para “cuidar da cidade” como prometeu tão romanticamente em versos aos eleitores.

plano

11 secretários já despencaram e há perspectiva de que mais um não resista até o fim deste mês.

O Globo divulgou que “os prefeitos eleitos com a promessa de adotar, no setor público, o padrão de eficiência da iniciativa privada estão entre os que mais registraram trocas de secretários e dirigentes em 2017. Nelson Marchezan Júnior, em Porto Alegre; Hildon Chaves, em Porto Velho; e Rafael Greca, em Curitiba, são os recordistas de baixas.”

O entra e sai comprometeu as ações de secretarias importantes como a Semad, Semed, Semusa, Emdur, Semagric, Semisb, Semtran, CGM, Semfaz e a chefia de gabinete que supervisiona tudo.

Até o vice-prefeito chegou a ser afastado ao se envolver no esquema de propinas JBS, segundo delator. É uma sombra que assombra Hildon.

A instabilidade com o secretariado arruinou o plano emergencial que comoveu os eleitores de Hildon.

É mais um prefeito que prioritariamente nomearia uma equipe com “qualificação eminentemente técnica”.

Mais um que garantiu como primeira urgência uma “Tomada de Contas Especial”.

Não bastasse a falta de uma equipe comprometida, capaz de planejar e executar, o tucano acumulou durante o ano o desgosto de eleitores por medidas impopulares, a inimizade com vereadores da base aliada e o descontentamento do empresariado que tanto ajudou a catapultá-lo da lanterna à vitória na corrida eleitoral.

“Porto Velho deixa eu cuidar de você?”, dizia o tucano durante a campanha.

Quem disse sim, hoje se pergunta como.


Comentários

  • Joao Tufic Matny - 07/12/2017

    Ao meu este prefeito é melhor da que o prefeito do PT.O prefeito do PT foi cassado

Preencha o formulário abaixo e clique em "Comentar" para enviar seu comentário


ComentÁrios Facebook


Mais Notícias

E-mail: redacao@gentedeopiniao.com.br - gentedeopiniao@gmail.com

Diretor Comercial Luiz Carlos Ferreira - Jornalista Responsavél Luka Ribeiro

Telefone: (69) 3221 4532 e (69) 3221 4532

Endereço: Av Getulio Vargas 2086 - Sala Comercial 5 , Bairro: Nossa Senhora das Graças - CEP: 76804-114

Cidade/Estado: Porto Velho/RO

É autorizada a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação,
eletrônico ou impresso, informando a fonte em nome de Gente de Opinião

Gente de Opinião | Copyright © 2017 | Todos os direitos reservados