Porto Velho (RO) quarta-feira, 3 de junho de 2020
×
Gente de Opinião

Reinaldo dos Anjos

Casos clínicos governamentícios


  

Prezados leitores, como vocês puderam notar (espero que sim!), estive fora do ar por algumas semanas. Tal fato ocorreu por conta de estudos de caso que venho desenvolvendo no âmbito da relação entre “Deficiência Voto-Articular Eleitoral” e a ocorrência de “Movimentos Político-Patológicos em Curto Prazo”.  Façamos agora uma análise do primeiro caso estudado, o qual se refere a um paciente denominado J.C., nome fictício empregado doravante por questões éticas. J.C. que apresentou por um período de quase quatro anos, quadro cinesiológico funcional envolvendo tetraplegia politiquística associada a absoluta apatia e rigidez na articulação e veiculação de suas opiniões, conseqüentes de apagada vida pública pregressa e imobilismo proporcionado pelo engessamento que seu atrevido cuidador titular lhe impunha.

Realizada a avaliação inicia, estabeleceu-se que a conduta experimental empregada para o caso seria a de um choque de movimentos, para o que se retirou de cena o cuidador titular, deixando-se o paciente com a incumbência de assumir sua independência funcional e mantê-la pelo período mínimo de oito anos, o que exigiria do paciente intensa movimentação politiquística revertendo-se a situação tetraplégica de apatia e rigidez citadas anteriormente. O experimento foi realizado, contudo para que o sucesso ocorresse seria fundamental que as articulações do tipo “Voto” fossem bem sucedidas. O que não foi observado na maioria das estruturas anatômicas eleitorais denominadas “Urnas”.

O imprevisto no experimento foi denominado “Deficiência Voto-Articular” e levou a Movimentações Político-Patológicas de péssimo gosto, tais como: retirada de gratificações de servidores federais à disposição de órgãos públicos que como qualquer outro tem contas e obrigações familiares que precisam ser honradas; Dispensa de 800 policiais militares que têm família e não mediram esforços mentais e físicos para fazer parte de um corpo extremamente importante para a sociedade; Conduta enganatória vexatória e chula para com aqueles que se empenharam (mesmo que de modo insuficiente) na prevenção da disfunção de votos do paciente, negando-lhes o direito de receber pelo trabalho realizado. O mais interessante no caso é que tal deficiência evidenciou uma úlcera no estômago do paciente, uma úlcera com o tamanho inconcebível de aproximadamente 500 milhões de “centímetros”, e que o paciente quer encobrir a qualquer custo, inclusive ao custo do suor de outrem.

A conclusão do estudo foi de que a “Deficiência Voto-Articular”, definitivamente, pode levar a “Movimentos Político-Patológicos” retardados e altamente prejudiciais a servidores de um modo geral, contudo pode ser prevenida com trabalho pelo povo, atenção com o Estado e abolição de atitudes de corrupção. O simples corte de gratificações associada à dispensa de servidores concursados elimina a mínima idéia de qualquer menção de candidatura futura. Toda esta situação pode ajudar na compreensão do apagamento característico da vida pública pregressa do paciente e também no fato de a articulação da fala ocorrer de modo engraçado em discursos, mesmo naqueles gravados.

 

Siga o Gentedeopinião no Gente de Opinião



Fonte: Reinaldo dos Anjos - [email protected]  
 Gentedeopinião   /  AMAZÔNIAS   /  RondôniaINCA   /   OpiniaoTV
 Energia & Meio Ambiente   /  YouTube  /  Turismo   /  Imagens da História 
 


 

* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Reinaldo dos Anjos

OS CONVÊNIOS DE SAÚDE QUE SE CUIDEM

OS CONVÊNIOS DE SAÚDE QUE SE CUIDEM

Sempre que procuramos uma loja de roupas, uma sorveteria ou uma clínica de Fisioterapia, esperamos nada menos que um ótimo atendimento, desde a recepç

Fisioterapia hoje

  Caros leitores, exatamente um mês após minha última atualização, lhes digo que a Fisioterapia em Porto Velho-RO, dentro desses trinta dias, foi tão

Entenda porque a Fisioterapia trata dores e inflamações

Entenda porque a Fisioterapia trata dores e inflamações

Amigos leitores, na semana que passou houve um grande movimento em torno da Fisioterapia, suas aplicações, indicações e atribuições. Tal movimento não

O que Confúcio tem a ver com a fisioterapia II

  Conversando com um amigo e colega de profissão, numa livraria de Porto Velho, no fim da tarde de hoje, tive mais esperança ainda no Novo Governo de